Qual a melhor solução: Terceirizar a TI, ou ter uma equipe interna?

Antes de nos aprofundarmos se vale a pena terceirizar a TI, ou formar uma equipe interna, é importante ter um real conhecimento sobre o seu vital encargo para a sobrevivência de uma empresa. A Tecnologia da Informação (TI) pode ser definida como o conjunto de todas as atividades e soluções providas por recursos computacionais que visam permitir a obtenção, o armazenamento, o acesso, o gerenciamento e o uso das informações.

Desde os primórdios a informação é o que determina a permanência de qualquer empreendimento, neste sentido, a informação é tão importante que pode inclusive determinar a sobrevivência ou a mortalidade das atividades de uma empresa. E não é difícil entender o porquê. Basta pensar no que aconteceria se uma instituição financeira perdesse todas as informações de seus clientes ou imaginar uma pessoa ficando rica da noite para o dia por ter conseguido descobrir informações valiosas analisando um grande volume de dados.

Analisando o tamanho da relevância da tecnologia da informação, o empreendedor deve fazer uma detalhada analise da sua empresa, expondo em pauta as vantagens e prejuízos de terceirizar ou internalizar sua TI.

 

Terceirizando a TI

Terceirizar a TI tem se tornado cada dia mais comum entre empresas de pequeno e médio porte, por possuírem um funcionamento e estruturação menos complexo, torna-se mais indicado optar pela terceirização, como principal fator encontramos a queda na economia, as empresas buscam pela terceirização para evitar gastos que uma equipe interna traria, no que se trata de contratação dos funcionários, manutenção com as maquinas, atualização do sistema e outros fatores que mexem no bolso do empreendedor.

No entanto se a empresa deseja crescer no ramo de negócio em que está atuando, é necessário vislumbrar formar sua equipe de TI interna, pois quando a demanda de serviços aumenta, é primordial a qualquer empreendimento ter um pessoal comprometido com seus objetivos, e claro, ter seu próprio TI como já vimos na introdução é muito importante, pois a informação de uma empresa é sua força vital, tendo sua própria equipe, o eventual vazamento de informações para concorrentes é nula.

Vantagens e desvantagens da terceirização

Vantagens

  • Competitividade

A  crescente  necessidade  das  organizações  estarem  se  adaptando  a  um  mercado  cada  vez  mais  acirrado  as  leva  a  buscarem  formas  que possibilitem  maior  produtividade  e  menor  custo.  Dentre  as  alternativas  que  visam  tornar  as empresas mais competitivas está a  terceirização. Considerável parte das empresas está  se utilizando  desse  artifício  para  reduzir  os  seus  custos  e  se  tornar  mais  competitiva.

  • Menores custos

Terceirizando a TI, a empresa pode gastar menos com o desperdício de produtos e máquinas, além de ter um menor custo com rescisões de contrato, trocas de funcionários, substituição nas férias e faltas. O passivo trabalhista é reduzido drasticamente e existe uma previsibilidade muito maior dos custos mensais que são estabelecidos através dos contratos firmados com as contratadas.

Além do mais, uma empresa terceirizada especializada tem maiores conhecimentos sobre os processos, permitindo maior produtividade ou ganhos de escala, seja com a aplicação de procedimentos e treinamentos específicos ou com a utilização os equipamentos (maquinários) corretos.

Além disso, com a terceirização, a empresa contratante não é obrigada a seguir as convenções coletivas específicas do setor em que atua, nem equiparar benefícios específicos da área administrativa, o que pode gerar reduções significativas de custo.

Desvantagens

  • Serviços da empresa contratada podem não ter a qualidade esperada

Pela distância no controle das atividades da empresa prestadora de serviços, o controle de qualidade é bem reduzido. Trazendo uma indesejável rejeição do trabalho ou produto oferecido pela terceirizada, principalmente quando se trata das atividades-fim do negócio.

  • Atraso na entrega

A terceirização pode ser vista como uma ameaça pelos seus funcionários, podendo ser motivo para falta de interesse ou qualidade no trabalho. Sua prestadora de serviços pode ter uma equipe que atenda a várias empresas, podendo não dar-lhe 100% de atenção, e assim não só ter uma má qualidade do serviço como atrasar no prazo da entrega.

Porém você tem a disposição no mercado contratos de SLA (Service Level Agreement – Acordo de nível de Serviço) que descreve o serviço de TI, suas metas de nível de serviço, além dos papéis e responsabilidades das partes envolvidas no acordo.

Formando sua equipe de TI interna

Como já analisado quando a empresa começa a desenvolver-se e sua demanda fica crescente, e seus funcionamentos e estruturação mais complexas contar com uma equipe interna é sem dúvidas a melhor saída, pois se obterá um maior controle das diversas atividades da empresa, podendo ter um maior conceito de qualidade dos serviços, por fazer parte da empresa o setor de TI se torna mais eficaz pelo entrosamento e troca de experiências e seu comprometimento com a empresa.

Mesmo quando se tem uma equipe interna, a empresa pode precisar dos serviços terceirizados, para tarefas mais amenas, dando mais agilidade para o setor interno nas questões complexas, podendo cobrar com mais ênfase  a qualidade e agilidade das atividades dos internos.

Vantagens e desvantagens da formação de uma equipe interna

Vantagens

  • Estrutura organizacional

Uma TI interna traz uma boa cultura organizacional. A cultura organizacional compreende os hábitos, comportamentos, códigos, normas, políticas e valores de uma organização.

Divulgar corretamente a cultura organizacional fará uma empresa reproduzir colaboradores mais integrados, em sintonia, que respeitam uns aos outros e que estão alinhados com o que a empresa quer transmitir. Uma frase bem pertinente para o momento é a da executiva Monique Winston, “Se você não desenvolver a cultura de sua organização, ela se desenvolverá sozinha… e se isto acontecer, você estará assumindo um risco.”

  • Maior controle das atividades

Você tem um controle maior sobre a equipe e pode participar das etapas de execução de cada trabalho e tomar decisões diretas sobre cada ação. Além disso, os funcionários de uma TI interna vivenciam o dia-a-dia da empresa, o que permite um conhecimento amplo sobre os serviços prestados e posicionamento de mercado da empresa.

Desvantagens

  • Alto custo

Ao formar uma TI interna, terá um alto custo pela contratação dos profissionais envolvidos e dos equipamentos para o bom funcionamento do trabalho.

Outro fator importante é o caso de possíveis recisões de contratos, que custeará a empresa as multas de tais recisões.

  • Problemas com manutenção e atualização dos equipamentos

Como desvantagem, também encontramos a preocupação na manutenção e atualização dos equipamentos utilizados pela equipe de TI interno, quando se usa o serviço terceirizado  fica isenta tal preocupação.

Conclusão

Terceirizar a TI ou formar uma equipe interna, vai depender muito do estágio que seu empreendimento se encontra, analisar as vantagens e desvantagens e tomar a melhor decisão é o papel do empreendedor. Vendo de um ângulo mais amplo você pode tomar a decisão mais acertada para sua empresa, por isso antes de qualquer decisão analise os prós e contras de cada contratação, fazendo isso seu potencial para sucesso do seu empreendimento é aumentado.

 

 

 

Últimos Artigos

Deixe um comentário